9 de jan de 2010

Webcam da HP é racista?‏

Um americano chamado Desi Cryer gravou um vídeo e postou no YouTube relatando um possível problema no sistema de reconhecimento de faces da webcam integrada nos novos notebooks da HP que não funciona com pessoas negras. O sistema de reconhecimento de faces automaticamente direciona a webcam à medida que o usuário se move. No vídeo, Cryer mostra como a webcam fica parada quando ele se move, mas funciona quando sua colega de trabalho Wanda Zamen, que é branca, começa a usar. Segundo a HP a tecnologia usada é baseada em algoritmos que medem a diferença na intensidade de contraste entre os olhos e a parte superior da bochecha e do nariz e pode ser que a câmera tenha dificuldade em identificar o contraste em condições de pouca luz. A empresa está investigando o problema. No link abaixo você pode assistir o vídeo gravado por Desi Cryer e Wanda Zamen.




Nem me verá... FFFFFFFFFUUUUUUUUUUUUUUUUUU

Recebi por e-mail.

2 comentários:

Leandro disse...

Sei lá. Acho que é só uma limitação tecnológica e acredito que a HP devesse cuidar com carinho do problema, até porque negros também são potenciais consumidores. Mas, daí a racismo há um abismo. Vê-se racismo em tudo.

Lucimara Tavares disse...

Sim, sim, Leando... Esse título foi mais pra chamar a atenção e gerar polêmica... rs