14 de mar de 2010

Minha mãe ensinou:


... a valorizar um sorriso;
"ME RESPONDE DE NOVO E EU TE ARREBENTO OS DENTES!"

... a retidão;
"EU TE AJEITO NEM QUE SEJA NA PANCADA!"

... a dar valor ao trabalho dos outros;
"SE VOCÊ E SEU IRMÃO QUEREM SE MATAR, VÃO PRA FORA. ACABEI DE LIMPAR A CASA!"

... lógica e hierarquia;
"PORQUE EU DIGO QUE É ASSIM! PONTO FINAL! QUEM É QUE MANDA AQUI?"

... motivação;
"CONTINUA CHORANDO QUE EU VOU TE DAR UMA RAZÃO VERDADEIRA PARA VC CHORAR!"

... contradição;
"FECHA A BOCA E COME!"

... antecipação;
"ESPERA SÓ ATÉ SEU PAI CHEGAR EM CASA!"

... paciência;
"CALMA!... QUANDO CHEGARMOS EM CASA VOCÊ VAI VER SÓ..."

... a enfrentar desafios;
"OLHE PARA MIM! ME RESPONDA QUANDO EU TE FIZER UMA PERGUNTA!"

... raciocínio lógico;
"SE VOCÊ CAIR DESSA ÁRVORE VAI QUEBRAR O PESCOÇO E EU VOU TE DAR UMA SURRA!"

... medicina;
"PÁRA DE FICAR VESGO MENINO! PODE BATER UM VENTO E VOCÊ VAI FICAR ASSIM PARA SEMPRE."

... reino animal;
"SE VOCÊ NÃO COMER ESSAS VERDURAS, OS BICHOS DA SUA BARRIGA VÃO COMER VOCÊ!"

... genética;
"VOCÊ É IGUALZINHO AO SEU PAI!"

... raízes;
"TÁ PENSANDO QUE NASCEU DE FAMÍLIA RICA É?"

... sabedoria de idade;
"QUANDO VOCÊ TIVER A MINHA IDADE, VOCÊ VAI ENTENDER."

... justiça;
"UM DIA VOCÊ TERÁ SEUS FILHOS, E EU ESPERO ELES FAÇAM PRÁ VOCÊ O MESMO QUE VOCÊ FAZ PRA MIM! AÍ VOCÊ VAI VER O QUE É BOM!"

... religião;
"MELHOR REZAR PARA ESSA MANCHA SAIR DO TAPETE!"

... o beijo de esquimó;
"SE RABISCAR DE NOVO, EU ESFREGO SEU NARIZ NA PAREDE!"

... contorcionismo;
"OLHA SÓ ESSA ORELHA! QUE NOJO!"

... determinação;
"VAI FICAR AÍ SENTADO ATÉ COMER TODA COMIDA!"

... ventríloco;
"NÃO RESMUNGUE! CALA ESSA BOCA E ME DIGA POR QUE É QUE VOCÊ FEZ ISSO?"

... ser objetivo;
"EU TE AJEITO NUMA PANCADA SÓ!"

... a escutar;
"SE VOCÊ NÃO ABAIXAR O VOLUME, EU VOU AÍ E QUEBRO ESSE RÁDIO!"

... a ter gosto pelos estudos;
"SE EU FOR AÍ E VOCÊ NÃO TIVER TERMINADO ESSA LIÇÃO, VOCÊ JÁ SABE!..."

... na coordenação motora;
"JUNTA AGORA ESSES BRINQUEDOS!! PEGA UM POR UM!!"

e com os números:
"VOU CONTAR ATÉ DEZ. SE ESSE VASO NÃO APARECER VOCÊ LEVA UMA SURRA!"


Essa é uma forma, hoje condenada pelos educadores e psicólogos, mas funcionou com a gente e por isso não saímos seqüestrando a namorada, não nos aproveitamos dos outros, não pegamos o que não é nosso, nem saímos matando os outros por ai..

Brigadão Mãe! Te amo!

1 comentários:

Carina Silva disse...

Mães são todas iguais... Mais pestes que os próprios filhos. Mas não dá pra não amar (cozy)